EDUCAÇÃO INDÍGENA E EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA



Durante muito tempo a educação escolar foi privilégio de quem detinha poder e dinheiro. Desde os períodos em que o Brasil era colônia, império, na ditadura e agora na república, muitos critérios mudaram até então. Hoje temos as escolas públicas que garantem que a educação escolar chegue a todos. Sabemos que um direto de constitucionalmente garantido a todos, e para os indígenas também é constitucional que estes, tenham direito a uma educação escolar diferenciada, pois a realidade dos povos indígenas não se iguala a Educação escolar urbana e rural.

Ao dizer que na comunidade indígena a educação escolar e de forma diferenciada, cabe-nos uma explicação.  Primeiro, nós temos diretos de escolher o professor que nós queremos para dar aula a nossos filhos, e isso é claro alguém do mesmo povo. Para que isso fosse aceito, muitos trabalhos tiveram os professores indígenas. Ao conversar com uma liderança que não é professor, ele me disse que a luta pela educação indígena começou pouco depois dos movimentos de luta pela Terra, segundo ele os professores começaram um movimento com o tema: Que Escola Temos e Que escola queremos, onde foi reconhecida nossa educação diferenciada.

Avó makuxi segurando no colo sua neta mais nova. Aldeia São Jorge/ Raposa Serra do Sol

Mas em nossas aldeias temos a educação primordial, que é a educação indígena. Esta vai além dos conhecimentos escolares e acadêmicos. Essa educação ensina a ética, o comportamento, e o cuidado com a família. Esse modelo de educação supera os das grandes cidades em muitos casos.   Um exemplo bem claro é o cuidado com a família. Nas grandes cidades você vê crianças abandonadas, idosos sendo maltratados entre outros. Nas comunidades indígenas, nenhuma criança fica órfã, se u acaso o pai e mãe morrer de imediato a criança é assumida por alguém da familiar, sem tramites judiciais. No mesmo caso acontece, por exemplo, quando nossos avôs vão ficando velhinho, um dos filhos fica com ele, ou vem um netinho para cuidar deles.

Nesse sentido a Educação Indígena se diferencia pelo aspecto ético, comportamental e pelos princípios familiares. E Educação escolar indígena, que não resume em sala de aula, tem como principio formar os indígenas para a vida profissional e acadêmica.

No tags for this post.


Matérias recentes publicadas em: Ajudando o Professor



Clique aqui para ver todas as matérias em Ajudando o Professor



5 Comentários

  1. saynara -  

    É VERDADE BJS!!!!!!!!!!!1

    23, abril 2013, 3:58pm  -  Responder →
  2. Fernanda -  

    A Educação Escolar Indígena tem que crescer e ser cultivada assim como a Cultura Indígena deve ser preservada e continuada pelos próprios moradores da aldeia e por curiosos que desejam saber mais sobre ;D

    07, maio 2013, 1:16pm  -  Responder →
  3. marcia -  

    eu quero pergunta como e educacao ,para as crianca na sua aldeia com a chegada da inter net?e como vc aprenderam a usar o computador?

    04, junho 2013, 11:24am  -  Responder →
  4. Deusival Sarmento Fernandes -  

    A melhoria da qualidade de educação escolar indígena, depende muito de professores indígenas compromissados com as mudanças dos rumos da educação desse povo, pois não adianta falar e depois não se comprometer para melhoria.

    24, março 2014, 4:31pm  -  Responder →
  5. Neide Pedro Martins -  

    É importante que tenhamos conhecimento da Educação Indígena e que esta seja para fazer a diferença, valorizando o estudante Indígena, porque é preciso ‘Respeitar as diferenças para se chegar a igualdade”

    23, setembro 2015, 11:37am  -  Responder →

Deixe um comentário

- Você está autenticado como . Sair →