Mitos e Verdades



As comunidades indígenas assim como todas as comunidades, têm suas histórias tradicionais, seus métodos culturais que algumas vezes perpassam as explicações ciêntificas, assim  como a sociedade tem suas religiões, seus métodos culturais e costumes diferenciados em cada parte do planeta, muitas vezes estranhos a nós por ser diferentes, neste espaço você poderá viajar no mundo da diversidade indígena brasileira, descobrindo suas histórias e seus métodos culturais.

A Origem do Povo Karajá

 

Avanilson Karajá, capturando tartaruga com a mão.

 

Contam os anciões do Povo Karajá que se encontra em aldeias no Tocantins, Goiás e Mato Grosso, que há muitos séculos atrás, todos os Karajá viviam felizes no fundo do rio Araguaia, então certo dia um deles chamou um grupo de jovens e decidiram sair ao ver a luz fora da água, para conhecerem o que havia além, em seguida outro Karajá chamado Koboy que era gordo tentou sair e ao sair só pela metade se deparou com árvores secas e viu que nem tudo era bonito então retornou ao fundo do rio e permanece lá até hoje.

 

O grupo de jovens que haviam saído acharam a terra bonita, mais tentaram voltar ao fundo do rio, pois lá não havia nada de ruim tudo era bom e bonito, mais não conseguiram, assim se fixaram nas margens dos rios na esperança de que um dia retornem a suas origem.

 

O povo Karajá é conhecido como o povo das águas devido a forte ligação que tem com os rios e lagos.

 

Imagem de Amostra do You Tube

Video contendo essa história e uma breve descrição do Povo índígena Karajá.

Amaré Gonçalves Krahô-Kanela e Avanilson Karajá.

 

No tags for this post.


Matérias recentes publicadas em: Mitos e Verdades



Clique aqui para ver todas as matérias em Mitos e Verdades



32 Comentários

  1. Luciano Karaja -  

    Oláaaaaa, como vai Vcs produtores do site? muito bacana a história , o video…sou universitário indígena karaja-xambioá do no tocantins. Abraços e muito sucessos.

    11, outubro 2011, 12:38pm  -  Responder →
    • Sabrynna -  

      oi parente estamos na batalha…

      11, outubro 2011, 5:32pm  -  Responder →
    • rodrigo ederehe karajá -  

      abraços e sucessos

      09, abril 2012, 11:06pm  -  Responder →
      • Micheli -  

        Obrigada parente!

        20, abril 2012, 5:22am  -  Responder →
  2. Francisco -  

    Gostei muito do site, da iniciativa de vocês. Mas, quero pedir-lhes uma grande gentileza, sem desejar ser arrogante: não tentem opor mito a verdade! O enunciado "Mitos e Verdades" opõe, de forma geral e no senso comum, bem como na academia, uma realidade à outra. Não pode haver tal oposição, pois o Mito é uma narrativa sobre a verdade. Por favor, vejam isso.

    13, outubro 2011, 11:58am  -  Responder →
  3. Amaré Krah&oc -  

    Olá Francisco,

    Essa oposição ocorreu porque as histórias aqui retratadas, são verdades e tem um grandes valores histórico culturais para nós povos indígenas e que quase sempre são vistas como mitos "lendas".

    Aqui nosso objetivo é trazer essas histórias como verdadeiramente elas são passadas pelos nossos anciões "mais velhos da aldeia" e trazer os valores e influências delas em nossas aldeias.

    Agradeço seu compartilhamento de idéias de que não deveriamos fazer tal enunciado, pela oposição que este propõe e sua idéia será analisada por nós.

    Obrigado!

    14, outubro 2011, 8:17am  -  Responder →
  4. Rosemary da Luz -  

    Parabéns….precisamos conhecer e mostrar aos nossos alunos a cultura indígena..a nossa gente..o nosso povo…Valeu….quero mais….abraços.

    14, outubro 2011, 11:35am  -  Responder →
  5. Maitê Azevedo -  

    Parabéns pessoal! Vídeo lindo e texto também. Tenho 51 anos e não sei quase nada do povo originário da Terra onde nasci. Gostaria de ver, ouvir, sentir, aprender com vocês. Peço a Deus que as intervenções de intelectuais não atrapalhem.

    16, outubro 2011, 10:13pm  -  Responder →
  6. Elizeth Tapajos Serr -  

    FICO MUITO FELIZ E COMOVIDA POR ESTA INICIATIVA, AOS ESTUDANTES DO PROJETO PARABENS, ASSIM AS INFORMAÇOES VÃO SE MULTIPLICANDO PARA UMA SOCIEDADE MAIS DIGNA, SOU DO POVO TAPAJÒ DA REGIAO DE SANTAREM NO PARA E SOU FELIZ POR INDGINA.

    18, outubro 2011, 5:54pm  -  Responder →
  7. Wahuka Karajá -  

    Olá pessoal, vcs estão de parabens, acreditem estou gostando muito desse site. Sou Wahuka Karajá, se depender de contar mitos é comigo mesmo, conheço um pouco de mitos Iny é assim que se denomina os Karajá, Na verdade não somos Karajá somos Iny, awire! Abraços a todos vcs.

    04, novembro 2011, 1:57pm  -  Responder →
    • Sabrynna -  

      Obrigada pelo reconhecimento, gostaria de saber se voce deseja compartilhar os mitos e verdades de su povo conosco, seria gratificante para todos. Esperamos respostas, abraços…

      11, novembro 2011, 8:15am  -  Responder →
  8. Bruno Marques -  

    Duas observações:

    Esta história lembra o “mito da caverna”, de Platão.

    Esta história pode ser um arquétipo no inconsciente coletivo sobre a evolução das espécies, passando do anfibio ao terrestre.

    15, dezembro 2011, 10:53pm  -  Responder →
  9. josyhanny Guajajara -  

    parabéns…

    06, janeiro 2012, 5:25pm  -  Responder →
  10. Denyse -  

    Nossa parentes adorei o sait..!!muito bacana esta mostrando nossa Cultura…abraço.

    05, março 2012, 1:27pm  -  Responder →
  11. Nhenety Kariri-Xoco -  

    Fica dificil colocar nossas histórias ancestrais nossos deuses , nehuma civilização moderna consideram os seres espirituais cmo mitos e lendas como sagradas. Na própria academia tem a Teologia, a Antropologia e outras áreas do conhecimento que consideram sagradas os valores desses povos. Para nós indigena Deus é um Índio, o mais antigo ancestral em nossas culturas. Abraços Nhenety KX.

    07, março 2012, 9:19am  -  Responder →
  12. Pascoal -  

    Interessante este link: MITOS E VERDADES. Sugiro, inclusive, que busquem a coleção de Enrique Dussel para destacar as “reações” dos povos à chegada dos Espanhóis. Vejam a sua obra que é muito boa
    Pascoal

    08, março 2012, 3:41pm  -  Responder →
    • Nhenety Kariri-Xoco -  

      É isso ai Pascoal ainda não dei uma olhada na Coleção de Enrique Dussel, seria muito boa essas considerações técnicas academicas referentes a fontes a chegada dos Espanhóis, assim teremos mais uma visão a mais. Abraços Nhenety KX.

      04, abril 2012, 9:25am  -  Responder →
  13. MICHELE -  

    Olá… Estou adorando conhecer um pouco da cultura de vocês, fiquei encantada com o site, muito organizado e interessante. Parabéns!!!

    25, março 2012, 9:38am  -  Responder →
    • admin -  

      teste

      26, março 2012, 9:01am  -  Responder →
  14. adriano karaja -  

    valeu galera, temos que conguista espaço na sociedade.

    03, outubro 2012, 5:13pm  -  Responder →
  15. Ana Claudia Maniçoba -  

    Vcs estão de parabéns! Que todo povo indígena seja reconhecido e abençoado. Nasci em Boa Vista e me considero uma índia tbm……..Abraço a todos

    28, janeiro 2013, 7:28am  -  Responder →
  16. Denise Amaral -  

    Nossa vcs realmente mandam bem parabéns pelo trabalho. Eu morro em Brasília mais sou de Ilhéus também sou índia e estou sempre olha o site bjossssss.

    30, janeiro 2013, 7:02pm  -  Responder →
  17. rhayanne -  

    os indios tem segredos?

    08, abril 2013, 7:10pm  -  Responder →
  18. rhayanne -  

    puxa os indios sao muitos emprecionates

    agora respomda;
    como eles comseguem viver nus?

    08, abril 2013, 7:13pm  -  Responder →
  19. rhayanne -  

    os indios tem espinhas?

    08, abril 2013, 7:14pm  -  Responder →
  20. rhayanne -  

    sou indio karajà caço jacare e dou um tapa no tio barnabe

    08, abril 2013, 7:17pm  -  Responder →
  21. Luana -  

    QUE INDIO GOSTOSOOO! HAHA’

    06, maio 2013, 7:36am  -  Responder →
    • faby -  

      er msm ele er um gato woll

      26, setembro 2013, 7:36pm  -  Responder →
  22. Karen Caroline -  

    Olá! Adorei o site! É uma iniciativa linda!
    Gostei principalmente da parte dos mitos. É a parte mais interessante!

    09, agosto 2013, 4:45pm  -  Responder →
  23. Iago Aguiar -  

    Parabéns pela iniciativa. Fico feliz por poder através destes relatos me sentir mais perto das comunidades indígenas e sua história, mesmo distante fisicamente (por enquanto).
    Grande abraço!

    05, setembro 2013, 4:43pm  -  Responder →
  24. faby -  

    nossa que linduh vc hein Avanilson Karajá <3

    26, setembro 2013, 7:34pm  -  Responder →
  25. Telma -  

    Olá,
    Parabéns pelo site e obrigada pela oportunidade de conhecer mais a respeito da cultura indígena.

    25, março 2014, 12:53pm  -  Responder →

Deixe um comentário

- Você está autenticado como . Sair →