De professor à cacique



Com o passar dos anos muitos fatos vem se tranformando em nossas comunidades. Alguns anos atrás o cacique era responsavél por ensinar o índio a ser útil para sua aldeia, hoje devido as transfomações vimos que são os mboehara (professores) que possuem este papel tão importante para sociedade, tanto para as escolas indígenas quanto nas universidades do país afora.

Vejo que pouco caso se faz do dia de um maestro, aliás é necessário um dia para ser lembrado, 15 de Outubro, comemoração ou reflexão? Realmente muita reflexão pois são esses cidadões que vão ensinar ou não seus discentes a serem atuantes para população. É notório as problemáticas que envolvem essa classe de profissionais, entretanto eles estão ali diariamente na luta, um guerreiro sabe quando deve ou não abandonar sua luta, e desde já agradeço aqueles que lecionaram durante anos e agora repousam em seus domicilios.

O ambiente universitário para índio é novo e esse povo originário vem ganhando espaço nesse “mundo”. Durante a graduação conhecemos verdadeiros mestres, aqueles que não apenas ensinam teorias ou práticas mas aqueles que vão nos guiar, que vão nos ensinar. Digo que o papel dos professores são de verdadeiros caciques, mestres e guerreiros, parabéns aos Mboehara.

Kunha rory poty Rendi y, Indianara Ramires, é acadêmica do curso de enfermagem da UEMS, e presta hoje essa homenagem a todos os professores, lembrando da importância desse profissional na sociedade.

 

Por Indianara Ramires

No tags for this post.




Clique aqui para ver todas as matérias em Cultura Clique aqui para ver todas as matérias em rascunho



1 comentário

  1. Sebastian -  

    Indy que bom ver vc por este PORTAL.
    Valeu a partilha de sua visão.
    Seria massa vc ser uma colaboradora!
    Vc ja mandou uma foto para o grupo da gestão botar em QUEM SOMOS?

    27, novembro 2011, 6:01pm  -  
Comentários fechados para este post