Doença é poluição



Dentro da maioria das culturas indígenas, quando uma pessoa adoece essa doença sempre começa no mundo dos espíritos. Adoecer não é apenas algo físico, mas que atingiu de alguma forma o espirito, seja por causa de feitiço, outros espíritos, animais, pessoas, pensamentos, lugares ou pela poluição que começa pela contaminação por algo que esta fora da harmonia da natureza.

Emoções e sentimentos, também podem trazer doenças, a degradação da floresta e meio ambiente são fatais para saúde física e espiritual. Alterações no equilíbrio do corpo são visíveis para os pajés que através de rituais, cantos e rezas buscam limpar afastando a doença da vida das pessoas e da comunidade. Cada povo possui seu jeito de cuidar de quem fica doente.

Ela pode ser trazida pelo vento, atraída pelo pensamento, estar ligada a um local, atinge ou entra naqueles que estão com alguma fragilidade, seja mental, física ou espiritual. Objetos, alimentos, palavras e cantos também podem trazer enfermidades principalmente por causa de feitiços. Para alguns povos indígenas a doença é totalmente espiritual, atingindo o corpo e começa como uma poluição interna.

Toda doença tem uma forma, às vezes de gente ou animal. Tem doença que tem cheiro e até cor. Tem aquelas que vem na forma de calor ou frio. Tem lugar que não pode passar, não pode viver, porque a terra doente faz mal para o espirito da gente, então tem que ir para outro lugar. O ambiente em que vivemos afeta nossa saúde. Corpo (terra), água (sangue), fogo (espirito) e ar (alimento), a poluição desses elementos contamina o espirito e altera a saúde da natureza.

No tags for this post.




Clique aqui para ver todas as matérias em Cultura



Sem comentários

Deixe um comentário

- Você está autenticado como . Sair →